Buscar
A-
A
A+
Tamanho da Fonte
print Imprimir
personEnviar para um amigo

Compartilhe com um amigo:

clear
Ops! Verifique os campos destacados acima.
COMPARTILHAR

11/04/2019

Saae Ambiental cumpre ações estabelecidas no plano de saneamento básico

Um dos maiores problemas ambientais enfrentados pelos brasileiros é a falta de tratamento dos esgotos sanitários, que lançados in natura nos solos acarretam contaminação das águas e, consequentemente, sérios problemas de saúde pública, como cólera, hepatites, verminoses e diarreias. A população pobre e a rural são as que mais sofrem com esse problema, devido à falta de conscientização e de investimentos governamentais.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto e Meio Ambiente (SAAE Ambiental) da Estância Turística de Santa Fé do Sul (SP) executou um trabalho de remoção de desaguamento e acondicionamento de lodo e areia da Lagoa anaeróbica da Estação de Tratamento do Córrego da Mula. De acordo com as metas que o Plano Municipal de Saneamento determina, é necessário realizar a limpeza para manter a eficiência da lagoa de tratamento.

Outra meta prevista é a redução de pontos de alagamento, em especial nas áreas de novos loteamentos que apresentem a necessidade de implantar sistemas de drenagem. “É importante que o município esteja atento para que os novos loteamentos realizem os projetos visando a execução de galerias implantando sistemas de drenagem, boca de lobo e todo o sistema necessário para evitar problemas futuros”, disse o superintendente do Saae Armando Rossafa.

Para redução ou eliminação de ocorrência de vazamentos é importante realizar em curto prazo, manutenção preventiva e corretiva dos componentes da microdrenagem urbana como, por exemplo, limpeza e desobstrução dos bueiros, bocas de lobo, sarjetas e sargentões. Para que o Plano seja cumprido, os responsáveis pelas Secretarias municipais acompanharão os novos loteadores sobre a necessidade de implantarem sistemas de drenagem eficazes e construções de galerias.

No prolongamento da rodovia que liga o município de Santa Fé do Sul a Rubineia foi realizado um sistema de drenagem com a realização de galerias para canalização da água de chuva, impedindo que novas residências construídas na proximidade sofram com enchentes e outros imprevistos.