Imprimir
PDF

Santa Fé é a 2° maior criadora de peixe do Brasil

on .

Santa Fé é a 2° maior criadora de peixe do Brasil 2A Estância Turística de Santa Fé do Sul realizou nos dias 17 e 18, a IV Aquishow e V Seminário Regional de Piscicultura, evento de iniciativa do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Piscicultura, da Prefeitura Municipal, da secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo por meio da Cati Regional de Jales, da Apta e do Instituto de Pesca, entre outros parceiros.

A abertura do evento contou com a presença do prefeito Armando Rossafa, da vice-prefeita Elena Rosa da secretária de Estado da Agricultura e Abastecimento, Mônika Carneiro Bergamaschi, o representante do Ministério da Pesca Luis Sabanay, os deputados Carlão Pignatari, Zico Prado e Sebastião Santos, além de diversas autoridades e representantes do setor.

O prefeito Armando Rossafa afirmou que a piscicultura é uma atividade em ascensão em Santa Fé e região, que já produz cerca de 20 mil toneladas por ano de peixe em sistema de aquicultura. “Tenho orgulho em saber que estamos em 2° lugar no Brasil em criação de peixe em tanque rede”, disse o prefeito.

O objetivo da Aquishow é discutir e apresentar novas técnicas, bem como ampliar as alternativas para a atividade. Durante os dois dias estiveram reunidos os representantes dos elos das cadeias produtivas da piscicultura, que discutiram os mais diversos assuntos ligados a ela, garantindo seu desenvolvimento sustentável. Foram apresentados seminários, mostra de produtos, encontro de negócios e integração entre piscicultores, técnicos, fornecedores, consumidores e trabalhadores. Mais de 700 pessoas participaram das palestras, e cerca de 20 expositores mostraram seus produtos no encontro.

Na oportunidade houve o lançamento do projeto Peixe Legal, idealizado pelo prefeito Armando Rossafa, que tem como objetivo contribuir na implantação de medidas e ações de sustentabilidade da atividade pesqueira na região dos Grandes Lagos no noroeste paulista, e do equilíbrio das relações entre os vários segmentos envolvidos, por meio do enriquecimento das políticas públicas, qualificação dos serviços prestados, e capacitação, integrando objetivos individuais e instituições.

O presidente da Federação Paulista de Pesca Esportiva, Adalberto Francisco de oliveira Filho (Betinho) salientou a importância da conscientização quanto a pesca. “O peixe vivo vale muito mais que o peixe morto”, disse.

No encerramento aconteceu um grande show com a cantora Mariana Fagundes.

Santa Fé é a 2° maior criadora de peixe do Brasil 1